Utilizador
As minhas preferências
Todas as preferências
Cardiovascular, Renal e Metabólica
Insuficiência Cardíaca
Doença Metabólica
Doença Renal
Doença Cardíaca
Doenças Respiratórias
Asma
Asma Grave
DPOC
Vírus sincicial respiratório
Doenças auto-imunes
Lupus
Oncologia
Cancro do Pulmão
Cancro da Mama
Cancro do Ovário
Hematologia
Outros
Vacinas
Ferramentas de Enfermagem
Diagnóstico de precisão
Ao ativar alguma das opções acima está a aceitar os nossos Termos e Condições
O meu Perfil
Dados Pessoais
*Dados de preenchimento obrigatório
Social Network
Como deseja ser contatado(a)
×
Salvar alterações
Solicitar a visita ou contato por um Delegado e/ou MSL
Veeva ID: PT-11587
Aprovado a 12/2021

    Solicitar a visita ou contato por um
    Como deseja ser contatado(a)
    Cancelar
    * Campos de preenchimento obrigatório.
    Ao ativar alguma das opções acima está a aceitar os nossos Termos e Condições
    A informação incluída neste website é dirigida a profissionais de saúde com o objetivo de educação médica contínua.
    Utilizador
    As minhas preferências
    Todas as preferências
    Cardiovascular, Renal e Metabólica
    Insuficiência Cardíaca
    Doença Metabólica
    Doença Renal
    Doença Cardíaca
    Doenças Respiratórias
    Asma
    Asma Grave
    DPOC
    Vírus sincicial respiratório
    Doenças auto-imunes
    Lupus
    Oncologia
    Cancro do Pulmão
    Cancro da Mama
    Cancro do Ovário
    Hematologia
    Outros
    Vacinas
    Ferramentas de Enfermagem
    Diagnóstico de precisão
    Ao ativar alguma das opções acima está a aceitar os nossos Termos e Condições
    O meu Perfil
    Dados Pessoais
    *Dados de preenchimento obrigatório
    Social Network
    Como deseja ser contatado(a)
    ×
    Salvar alterações
    Solicitar a visita ou contato por um Delegado e/ou MSL
    Veeva ID: PT-11587
    Aprovado a 12/2021

      Solicitar a visita ou contato por um
      Como deseja ser contatado(a)
      Cancelar
      * Campos de preenchimento obrigatório.
      Ao ativar alguma das opções acima está a aceitar os nossos Termos e Condições
      A informação incluída neste website é dirigida ao público em geral.

      Powered by AstraZeneca logoAstraZeneca Corporate? Login

      Hematologia

      Quais as opções de
      tratamento da LLC?

      QUAIS AS OPÇÕES DE TRATAMENTO DA LLC?
      Radioterapia
      A radioterapia utiliza raios-X de alta energia para selecionar e destruir as células cancerígenas. A radioterapia não é o tratamento mais comum em doentes com LLC, mas é utilizado em diversas situações.4.

      A radioterapia pode ser utilizada para reduzir o volume de órgãos, como o baço ou gânglios linfáticos particularmente aumentados. No caso de apresentar sintomas provocados por órgãos aumentados, como dificuldade em ingerir alimentos, o seu médico poderá considerar o tratamento com radioterapia para aliviar a pressão desses órgãos aumentados sobre outros órgãos.4.

      A radioterapia também pode ser utilizada para tratar a dor associada a lesões nos ossos, provocadas pela presença de células cancerígenas na medula óssea.4

      Cirurgia
      A cirurgia na LLC é bastante rara e não é utilizada para tratar esta doença. No entanto, em alguns casos, pode ser necessária uma cirurgia de remoção do baço (esplenectomia).5

      Geralmente, antes de se avançar para a cirurgia, são considerados outros tipos de tratamentos para diminuir o volume do baço, como a quimioterapia ou a radioterapia.5

      Fármacos que atuam de forma mais seletiva nas células LLC reduzindo os efeitos do tratamento nas células funcionais e minimizando os efeitos secundários. As terapias-alvo são amplamente utilizadas desde 2010 e incluem:
      Inibidores da Tirosina Cinase de Bruton (BTK)
      Estes tratamentos inibem a proteína BTK que está envolvida no crescimento celular. Esta inibição previne o crescimento das células LLC.3
      Inibidores da P13K
      Estes tratamentos bloqueiam a proteína PI3K, que envia sinais e controla o crescimento celular.5
      Antagonistas BCL-2
      Estas terapêuticas têm como alvo a BCL-2, uma proteína nas células da LLC que prolonga a sua sobrevivência.5
      Ensaios clínicos
      Os ensaios clínicos estudam novas formas de prevenir, detetar e tratar o cancro com medicamentos que ainda estão ser testados.7
      Embora a participação num ensaio clínico possa dar-lhe acesso a opções de tratamento mais recentes, estes podem englobar também alguns riscos ou desvantagens. É importante pesar todas as possibilidades e ter uma conversa aberta e honesta com o seu médico, antes de decidir participar num ensaio clínico.

      Apesar de o acompanhamento dos doentes com LLC envolver uma equipa multidisciplinar, os hematologistas são os especialistas que tratam a LLC e outros tipos de cancro do sangue.

      Fármacos que atuam de forma mais seletiva nas células LLC reduzindo os efeitos do tratamento nas células funcionais e minimizando os efeitos secundários. As terapias-alvo são amplamente utilizadas desde 2010 e incluem:
      Inibidores da Tirosina Cinase de Bruton (BTK)
      Estes tratamentos inibem a proteína BTK que está envolvida no crescimento celular. Esta inibição previne o crescimento das células LLC.3
      Inibidores da P13K
      Estes tratamentos bloqueiam a proteína PI3K, que envia sinais e controla o crescimento celular.5
      Antagonistas BCL-2
      Estas terapêuticas têm como alvo a BCL-2, uma proteína nas células da LLC que prolonga a sua sobrevivência.5
      Ensaios clínicos
      Os ensaios clínicos estudam novas formas de prevenir, detetar e tratar o cancro com medicamentos que ainda estão ser testados.7
      Embora a participação num ensaio clínico possa dar-lhe acesso a opções de tratamento mais recentes, estes podem englobar também alguns riscos ou desvantagens. É importante pesar todas as possibilidades e ter uma conversa aberta e honesta com o seu médico, antes de decidir participar num ensaio clínico.
      Apesar de o acompanhamento dos doentes com LLC envolver uma equipa multidisciplinar, os hematologistas são os especialistas que tratam a LLC e outros tipos de cancro do sangue.
      LLC: Leucemia Linfocítica Crónica
      ADN: Ácido Desoxirribonucleico
      CD: Cluster of Differentiation
      BTK: Tirosina Cinase de Bruton
      PI3K: fosfatidilinositol 3 Cinase
      BCL2: B-Cell Lymphoma 2
      Bibliografia
      1. APCL – Associação Portuguesa Contra a Leucemia. Leucemia linfática crónica. Disponível em: https://www.apcl.pt/pt/doencas-do-sangue/leucemias/leucemias-cronicas. Acedido a 28 de fevereiro de 2021

      2. Weide, R. et al.2020. Survival improvement of patients with chronic lymphocytic leukemia (CLL) in routine care 1995–2017, Leukemia & Lymphoma, 61:3, 557-566

      3. Leukaemia Care – Chronic Lymphocytic Leukemia (CLL). A guide for patients. Disponível em: https://media.leukaemiacare.org.uk/wp-content/uploads/Chronic-Lymphocytic-Leukaemia-CLL-Web-Version.pdf. Acedido a 28 de fevereiro de 2021

      4. Leukemia and Lymphoma Society. Disponível em: https://www.lls.org/leukemia/chronic-lymphocytic-leukemia/treatment/radiation-therapy. Acedido a 30 março

      5. American Cancer Society. for Chronic Lymphocytic Leukemia. Disponível em: https://www.cancer.org/cancer/chronic-lymphocytic-leukemia/treating/surgery.html. Acedido a 11 de março de 2021

      6. Cancer.Net. Leukemia – Chronic Lymphocytic – CLL – Statistics. Disponível em: https://www.cancer.net/cancer-types/leukemia-chronic-lymphocytic-cll/statistics. Acedido a 11 de março de 2021

      7. Leukaemia Care – Chronic Lymphocytic Leukemia (CLL). Clinical Trials. Disponível em: https://www.leukaemiacare.org.uk/support-and-information/information-about-blood-cancer/clinical-trials/. Acedido a 28 de fevereiro de 2021

      Veeva ID: PT-13837
      Aprovado a 09/2022
      saudeflix whatsapp sharesaudeflix telegram share