Utilizador
As minhas preferências
Todas as preferências
Cardiovascular, Renal e Metabólica
Insuficiência Cardíaca
Doença Metabólica
Doença Renal
Doença Cardíaca
Doenças Respiratórias
Asma
Asma Grave
DPOC
Vírus sincicial respiratório
Doenças auto-imunes
Lupus
Oncologia
Cancro do Pulmão
Cancro da Mama
Cancro do Ovário
Hematologia
Outros
Vacinas
Ferramentas de Enfermagem
Diagnóstico de precisão
Ao ativar alguma das opções acima está a aceitar os nossos Termos e Condições
O meu Perfil
Dados Pessoais
*Dados de preenchimento obrigatório
Social Network
Como deseja ser contatado(a)
×
Salvar alterações
Solicitar a visita ou contato por um Delegado e/ou MSL
Veeva ID: PT-11587
Aprovado a 12/2021

    Solicitar a visita ou contato por um
    Como deseja ser contatado(a)
    Cancelar
    * Campos de preenchimento obrigatório.
    Ao ativar alguma das opções acima está a aceitar os nossos Termos e Condições
    A informação incluída neste website é dirigida a profissionais de saúde com o objetivo de educação médica contínua.
    Utilizador
    As minhas preferências
    Todas as preferências
    Cardiovascular, Renal e Metabólica
    Insuficiência Cardíaca
    Doença Metabólica
    Doença Renal
    Doença Cardíaca
    Doenças Respiratórias
    Asma
    Asma Grave
    DPOC
    Vírus sincicial respiratório
    Doenças auto-imunes
    Lupus
    Oncologia
    Cancro do Pulmão
    Cancro da Mama
    Cancro do Ovário
    Hematologia
    Outros
    Vacinas
    Ferramentas de Enfermagem
    Diagnóstico de precisão
    Ao ativar alguma das opções acima está a aceitar os nossos Termos e Condições
    O meu Perfil
    Dados Pessoais
    *Dados de preenchimento obrigatório
    Social Network
    Como deseja ser contatado(a)
    ×
    Salvar alterações
    Solicitar a visita ou contato por um Delegado e/ou MSL
    Veeva ID: PT-11587
    Aprovado a 12/2021

      Solicitar a visita ou contato por um
      Como deseja ser contatado(a)
      Cancelar
      * Campos de preenchimento obrigatório.
      Ao ativar alguma das opções acima está a aceitar os nossos Termos e Condições
      A informação incluída neste website é dirigida ao público em geral.
      Powered by AstraZeneca logoAstraZeneca Corporate? Login

      Hematologia

      Quais as diferentes
      fases da LLC?

      QUAIS AS DIFERENTES FASES DA LLC?
      Diagnóstico1

      Ser diagnosticado(a) com uma doença rara pode afetá-lo(a) não só a nível físico como emocional. Nesta fase pode considerar útil:
      • Procurar mais informação;
      • Ter informação impressa consigo sobre a doença;
      • Explicar a suas necessidades
      • Dizer o que sente, de forma aberta e honesta. Clique para aceder a “links úteis” – Associação de doentes
      Vigilância ativa1

      Durante o período de vigilância ativa, também conhecido como o período Watch & Wait, passará por uma constante monitorização, para garantir que a sua LLC não está a progredir. É importante comparecer a estas consultas para permitir ao seu médico acompanhar a evolução da LLC, saber o que sente e decidir o início de tratamento, caso se aplique.

      Por exemplo, alguns doentes em estádio Binet A podem nunca chegar a necessitar de tratamento.

      Início do tratamento1

      Se começar a desenvolver sintomas, os seus gânglios linfáticos causarem problemas ou se apresentar uma descida importante nas análises sanguíneas poderá ter de iniciar tratamento. Este tratamento inicial chamamos Tratamento de 1ª Linha.
      Durante o tratamento2

      Dependendo do tipo de tratamento que está a fazer, poderá manter-se em tratamento durante alguns meses (quimioimunoterapia) ou por tempo indeterminado, enquanto o tratamento estiver a funcionar (terapia-alvo).
      Cuidados Paliativos1

      Os cuidados paliativos tem como objetivo reduzir os sintomas, controlar a LLC, prolongar a sobrevivência e possibilitar a si e aos seus, a melhor qualidade de vida possível. O seu médico irá discutir consigo as opções em detalhe, antes de decidir quais os próximos passos.
      JÁ SABE O ESSENCIAL SOBRE A LLC?
      O que é a LLC?

      A LLC é o tipo de leucemia mais comum nos adultos. Nesta doença, existe um grande aumento dos linfócitos no sangue, medula óssea, gânglios e sistema linfático.5

      Como é diagnosticada?

      Perante os sintomas sugestivos, o seu médico pode pedir uma análise ao sangue – hemograma – e se houver alterações irá referenciá-lo a um hematologista.5

      O que é o período de vigilância ativa?

      Também conhecido por Watch & Wait, é o período em que a doença é gerida sem necessidade de tratamento ativo.5

      Quais os sinais e sintomas?

      Podem não existir sintomas e ser apenas detetado aumento do número de linfócitos num hemograma de rotina. Os sinais mais frequentes são:5

      FRAQUEZA

      FADIGA

      PERDA DE PESO INEXPLICÁVEL

      CALAFRIOS

      FEBRE

      SUORES NOTURNOS

      GÂNGLIOS LINFÁTICOS AUMENTADOS

      NÓDOAS NEGRAS FREQUENTES

      SANGRAR DO NARIZ FREQUENTEMENTE OU EM SITUAÇÕES GRAVES

      AUMENTO DE INFEÇÕES, INCLUINDO INFEÇÕES DE MENOR GRAVIDADE, COMO CONSTIPAÇÕES, OU INFEÇÕES MAIS GRAVES, COMO PNEUMONIAS

      SANGRAR DAS GENGIVAS

      DOR OU DESCONFORTO ABDOMINAL, CAUSADA PELO AUMENTO DO VOLUME DO BAÇO

      LLC: Leucemia Linfocítica Crónica
      Bibliografia
      1. Leukaemia Care – Chronic Lymphocytic Leukemia (CLL). A guide for patients. Disponível em: https://media.leukaemiacare.org.uk/. Acedido a 28 de fevereiro de 2021.

      2. Leukaemia Care – Chronic Lymphocytic Leukemia (CLL). A guide for patients. Disponível em: https://media.leukaemiacare.org.uk/wp-content/uploads/Chronic-Lymphocytic-LeukaemiaCLL-Starting-Active-Treatment-Web-Version.pdf

      3. American Cancer Society. Treating Chronic Lymphocytic Leukemia. Disponível em: https://www.cancer.org/cancer/chronic-lymphocytic-leukemia/treating.html. Acedido a 11 de março de 2021

      4. Institut National du Cancer (France). La prise en charge de la leucémie lymphoïde chronique. (Institut national du cancer, INCa, 2015). Disponível em: https://www.e-cancer.fr/Expertises-et-publications/Catalogue-des-publications/La-prise-en-charge-de-la-leucemie-lymphoide-chronique. Acedido a 11 de março de 2021

      5. APCL – Associação Portuguesa Contra a Leucemia. Leucemia linfática crónica. Disponível em: https://www.apcl.pt/pt/doencas-do-sangue/leucemias/leucemias-cronicas. Acedido a 28 de fevereiro de 2021

      Veeva ID: PT-9146
      Aprovado a 08/2021
      saudeflix whatsapp sharesaudeflix telegram share