Utilizador
As minhas preferências
Todas as preferências
Cardiovascular, Renal e Metabólica
Insuficiência Cardíaca
Doença Metabólica
Doença Renal
Doença Cardíaca
Doenças Respiratórias
Asma
Asma Grave
DPOC
Vírus sincicial respiratório
Doenças auto-imunes
Lupus
Oncologia
Cancro do Pulmão
Cancro da Mama
Cancro do Ovário
Hematologia
Outros
Vacinas
Ferramentas de Enfermagem
Diagnóstico de precisão
Ao ativar alguma das opções acima está a aceitar os nossos Termos e Condições
O meu Perfil
Dados Pessoais
*Dados de preenchimento obrigatório
Social Network
Como deseja ser contatado(a)
×
Salvar alterações
Solicitar a visita ou contato por um Delegado e/ou MSL
Veeva ID: PT-11587
Aprovado a 12/2021

    Solicitar a visita ou contato por um
    Como deseja ser contatado(a)
    Cancelar
    * Campos de preenchimento obrigatório.
    Ao ativar alguma das opções acima está a aceitar os nossos Termos e Condições
    A informação incluída neste website é dirigida a profissionais de saúde com o objetivo de educação médica contínua.
    Utilizador
    As minhas preferências
    Todas as preferências
    Cardiovascular, Renal e Metabólica
    Insuficiência Cardíaca
    Doença Metabólica
    Doença Renal
    Doença Cardíaca
    Doenças Respiratórias
    Asma
    Asma Grave
    DPOC
    Vírus sincicial respiratório
    Doenças auto-imunes
    Lupus
    Oncologia
    Cancro do Pulmão
    Cancro da Mama
    Cancro do Ovário
    Hematologia
    Outros
    Vacinas
    Ferramentas de Enfermagem
    Diagnóstico de precisão
    Ao ativar alguma das opções acima está a aceitar os nossos Termos e Condições
    O meu Perfil
    Dados Pessoais
    *Dados de preenchimento obrigatório
    Social Network
    Como deseja ser contatado(a)
    ×
    Salvar alterações
    Solicitar a visita ou contato por um Delegado e/ou MSL
    Veeva ID: PT-11587
    Aprovado a 12/2021

      Solicitar a visita ou contato por um
      Como deseja ser contatado(a)
      Cancelar
      * Campos de preenchimento obrigatório.
      Ao ativar alguma das opções acima está a aceitar os nossos Termos e Condições
      A informação incluída neste website é dirigida ao público em geral.

      Powered by AstraZeneca logoAstraZeneca Corporate? Login

      Cancro do Ovário

      Quais os diferentes
      tipos de cancro do ovário?

      QUAIS OS DIFERENTES TIPOS DE CANCRO DO OVÁRIO?

      Os diferentes tipos de cancro do ovário

      A maioria dos tumores ováricos primários podem ser divididos em 3 tipos principais: os tumores epiteliais, os tumores dos cordões sexuais e do estroma ovárico e os tumores com origem em células germinativas.1

      Existem também, embora menos frequentes, outros tipos identificados, tais como: tumores miscelânea, tumores mesoteliais, tumores dos tecidos moles, linfomas e tumores secundários (resultantes da disseminação de metástases com origem extraovárica).1

       
      Estrutura do ovário (adaptado de 4)
      Cancro do ovário epitelial
      Cerca de 58% de todos os casos de cancro do ovário e 85-90% dos casos de cancro do ovário malignos correspondem a este tipo de cancro que se desenvolve na superfície exterior do ovário, o epitélio. Dentro deste tipo de cancro e conforme as suas caraterísticas microscópicas, é possível classificar diferentes subtipos.1-3

      Os principais subtipos histológicos de cancro do ovário epitelial são:

      Diferentes subtipos de cancro do ovário epitelial (Adaptado de 5)
      CANCROS SEMELHANTES AO CANCRO DO OVÁRIO EPITELIAL

      Carcinoma peritoneal primário

      O carcinoma peritoneal primário representa um forma rara de cancro do ovário, em muito semelhante ao cancro do ovário epitelial. Apresenta, geralmente, a aparência de um cancro do ovário epitelial que alastrou para o abdómen e, também, células muito semelhantes.3

      Este tipo de cancro parece iniciar-se nas células que compõe o interior das trompas de Falópio, estendendo-se ao longo da pélvis e do abdómen, pelo que se torna muito difícil determinar qual a estrutura específica onde se iniciou. Não sendo um tipo dependente dos ovários, pode surgir também em muheres que removeram os mesmos. No caso dos homens, este é um tumor raro.3

      Cancro da trompa de Falópio

      O cancro da trompa de Falópio constitui uma forma rara de cancro, semelhante ao cancro do ovário epitelial, que se inicia na estrutura responsável pelo transporte dos óvulos, a Trompa de Falópio. Apresenta os mesmos sintomas que o carcinoma peritoneal primário e que o cancro do ovário, sendo o seu tratamento semelhante a este último. Ainda assim, apresenta melhor prognóstico.3
      CANCRO DAS CÉLULAS ESTROMAIS
      O cancro do ovário das células estromais representa cerca de 1% de todos os casos de cancro do ovário e tem maior predominância em mulheres de idade superior a 50 anos, podendo também ocorrer em mulheres mais jovens (5% de todos os casos deste tipo de tumor).3

      O sintoma mais comum deste tipo de cancro é o sangramento vaginal, provocado pela produção anormal de hormonas femininas (estrogénio) pelo tumor. Em mulheres pré-adolescentes, este tipo de tumor pode provocar menstruação e desenvolvimento mamário antes da puberdade. Apesar de menos comum, alguns destes tumores podem produzir hormonas masculinas (testosterona), que podem provocar interrupções menstruais e crescimento de pelos corporais e/ou faciais.3

      CANCROS DAS CÉLULAS GERMINATIVAS
      As células germinativas são as células responsáveis pela produção dos gâmetas femininos (óvulos) e masculinos (espermatozóides). Este tipo de cancro representa menos de 2% de todos os casos de cancro do ovário. Apresenta bom prognóstico, com cerca de 90% dos doentes a sobreviverem aos 5 anos após diagnóstico. Existem vários subtipos, sendo os mais comuns os: teratomas, disgerminomas, tumores do seio endodérmico e coriocarcinomas.3

      Teratoma

      O teratoma é um tipo de cancro das células germinativas cuja aparência, quando observada ao microscópio, se assemelha às camadas de um embrião em desenvolvimento, com: a endoderme, a mesoderme e a ectoderme. Existem duas variantes: o teratoma maduro (benigno) e o teratoma imaturo (maligno).3

      O teratoma maduro é a variante mais comum dentro dos tumores das células germinativas, apresentando caraterísticas benignas e maior predominância em mulheres em idade reprodutiva. É recorrentemente denominado de quisto dermóide, uma vez que é revestido por tecidos semelhantes aos encontrados na pele (derme), e pode diferenciar-se em vários tipos de tecidos, tais como osso, cabelo e dentes. Os teratomas imaturos são malignos e ocorrem, normalmente, em mulheres com idade inferior a 18 anos. A sua constituição celular é muito semelhante à dos tecidos encontrados em embriões ou fetos, tais como, tecido conjuntivo e tecido cerebral.3

      Disgerminomas

      O disgerminoma constitui um tipo raro de cancro, com maior incidência em mulheres de idade inferior a 30 anos e, apesar de apresentar um crescimento relativamente lento, é considerado um cancro maligno. Quando limitados ao ovário, cerca de 3 em cada 4 doentes ficam curadas através da remoção do ovário, não sendo necessário nenhum tratamento subsequente. Nas situações em que este se tenha desenvolvido além do ovário ou surja em contexto de recidiva, os tratamentos disponíveis são, geralmente, eficazes em controlar ou curar esta condição em 90% das doentes.3

      Tumores do seio endodérmico e coriocarcinomas

      Os tumores do seio endodérmico e os coriocarcinomas são tumores muito raros que ocorrem, predominantemente, em mulheres jovens. Apresentam, normalmente, um crescimento rápido, mas são também muito sensíveis à quimioterapia.3
      Bibliografia

      1. Sociedade Portuguesa de Oncologia – 100 perguntas chave no Cancro do Ovário. Disponível em: https://www.sponcologia.pt/pt/publicacoes/outras-publicacoes/, consultado em 10/05/2022;

      2. ESMO Patient Guide Series – Ovarian Cancer. European Society for Medical Oncology. 2017. Disponível em: https://www.esmo.org/for-patients/patient-guides, consultado em 10/05/2022;

      3. American Cancer Society – What is ovarian cancer. Disponível em: https://www.cancer.org/cancer/ovarian-cancer/about/what-is-ovarian-cancer.html, consultado em 10/05/2022;

      4. Encyclopedia Britannica – Science: Ovary. Disponível em: https://www.britannica.com/science/ovary-animal-and-human, consultado em 10/05/2022;

      5. Cancer Health – New Progress Toward Personalized Therapy of Ovarian Cancer. Disponível em: https://www.cancerhealth.com/blog/new-progress-toward-personalized-therapy-ovarian-cancer, consultado em 10/05/2022.

      Veeva ID: PT-12873
      Aprovado a 06/2022
      saudeflix whatsapp sharesaudeflix telegram share